5 motivos para apostar no autoconhecimento e melhorar seu potencial profissional!

Não é a toa que a máxima grega atribuída à Sócrates, ainda é tão verdadeira e real nos dias atuais:

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerás todo o Universo e os Deuses.”

O autoconhecimento tem tomado uma dimensão de cada vez mais destaque na vida do ser humano, e, também uma preocupação que é temática de investimento e discussão dentro das organizações. Observamos cada vez mais organizações investindo em programas que tem o objetivo de proporcionar maior autoconhecimento para seus colaboradores, liderança e até os executivos, tais como Coaching, Mindfulness, Diversidade e Propósito.

O que o autoconhecimento tem de tão importante que pode inclusive impactar seu futuro profissional?

Vamos aos 5 motivos fundamentais que trazem o Autoconhecimento como um fator chave para seu sucesso profissional:

     1.Quem sou eu?

Aposto que a resposta à essa pergunta não é nada simplista. Descobrir quem você é propõem investigar alguns pressupostos básicos: quais são minhas características de personalidade, quais minhas competências e quais preciso ainda desenvolver, quais comportamentos imprimo no meu dia a dia, no meu contexto pessoal e profissional, quais papeis desempenho em minha jornada diária de vida. Já parou algum dia para pensar em tudo isso? Pois desenvolver uma jornada de autoconhecimento é pensar e se propor a refletir sobre estas questões. Por isso muitas empresas investem em ferramentas de personalidade, assessment e workshops de autoconhecimento justamente para que você conheça mais sobre você e possa aproveitar de suas potencialidades da melhor forma para alavancar o que ainda lhe falta desenvolver.

clique aqui  para se inscrever em nossa newsletter

      2.Emoções

Já parou para pensar quantas vezes suas emoções “sequestraram” seu lado racional e você reagiu às situações de uma forma totalmente automática, e isso acabou causando impactos no seu trabalho e em suas relações com as outras pessoas? Reconhecer as próprias emoções, suas origens, e quais situações “disparam” essa reação automática é muito importante para que você possa fazer escolhas ao invés de reagir ao que acontece com você. É cada vez mais comum ver programas de Mindfulness ou Atenção Plena nas organizações, para que cada indivíduo possa aprender como identificar e saber lidar da melhor forma quando as emoções surgem.

       3. Relações

De fato nenhum ser humano consegue viver sem se relacionar com outras pessoas, e, eu sempre digo que cada pessoa é um mundo. Conhecer o seu “mundo” e um pouco do mundo dos demais através de um processo de empatia profundo, percebendo como seus comportamentos afetam as outras pessoas é uma excelente forma de melhorar seus relacionamentos. Olhar para si mesmo e entender quais são suas necessidades, e como elas são atendidas ou não através de suas relações, impacta em alinhamento de expectativas com os outros e relações mais autênticas e produtivas. As empresas tem investido muito em workshops com temáticas ligadas à Comunicação Não Violenta (CNV), Trabalho em Equipe e Diversidade para que na prática as relações entre estes diversos “mundos” possam contribuir para um ambiente de trabalho mais efetivo e feliz.

clique aqui  para se inscrever em nossa newsletter

    4. Propósito

Descobrir seu propósito deixou de ter uma conotação “romântica” e improvável para uma direção clara e factível diante da perspectiva de vida das pessoas. E isso tem interessado cada vez mais as organizações porque um colaborador que tem propósitos alinhados com a empresa na qual trabalha, mesmo que seja por um período curto de tempo, vive em um maior estado de flow ou fluxo, o que traz maior foco, criatividade e resultados para a organização na qual trabalha. Por isso as empresas investem em programas de Carreira, Coaching e Autodesenvolvimento, para que cada indivíduo construa seu propósito a partir de seus valores e consiga encontrar seu espaço único e significativo dentro da sua organização.

     5. Futuro

Já passou o tempo no qual a empresa que determinava sua Trilha de Carreira dentro da organização. Atualmente quem deve saber para onde quer, e como remar o barco é o próprio indivíduo, e, como o Gato de Alice já dizia “para quem não sabe onde ir, qualquer caminho serve”. Quando você sabe o que te motiva, conhece seu propósito, suas competências, tem consciência de seus comportamentos e emoções, você já possui muitas das informações necessárias para criar seus próprio Plano de Carreira. Assim, fica muito mais fácil até para a empresa te apoiar em seu Plano de Desenvolvimento alinhando com os programas organizacionais existentes. O objetivo da empresa é aproveitar o melhor de cada profissional, mas é importante que você possa dizer para ela o que você faz de melhor e pode vir a fazer!

clique aqui  para se inscrever em nossa newsletter

Simples, somente você pode saber o que é melhor para si mesmo. Portanto, invista em você e em seu autoconhecimento e além, de ser tornar melhor como profissional, certamente você se tornará uma pessoa melhor!

 

IMG_3413

Sabrina Green é Psicóloga, Coach pela ICC e especialista em Recursos Humanos
http://www.greendh.com.br
Contato: sabrina.green@greendh.com.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s