Autoconhecimento na Era Exponencial

Atualmente muito tem se falado sobre a Era Exponencial: a tecnologia, os negócios, os produtos e o mundo têm evoluído em uma frequência exponencial. Mas e as pessoas? Será que o processo de autoconhecimento e desenvolvimento individual é também exponencial?

Através da minha experiência como consultora organizacional e psicóloga clínica, na minha percepção ainda não é possível um desenvolvimento consistente da consciência que seja exponencial. Vejo muitas vezes empresas e pessoas buscando soluções ‘rápidas’ para problemas profundos, complexos e transgeracionais, o que torna impossível uma solução ‘rápida’, e quero clarificar aqui que o conceito de ‘rápido’ considero algo que é como uma pílula que se toma e se resolve tudo, algo de fora para dentro.

Aqui quero trazer a percepção da transformação pela consciência, o que considero ser um processo consistente para a mudança necessária. Quando se toma uma pílula, um remédio, uma terapia rápida cheia de promessas, um tratamento revolucionador de um final de semana, é sim possível que se tenha um resultado ‘rápido’, mas questiono se a transformação gerada é duradoura.

Dentro de um processo de desenvolvimento humano, estamos falando de um Ser em constante transformação, biopsicossocial, onde são diversas as interrelações que afetam seu autoconhecimento e processo de despertar. Descobrir quem se É e decidir viver esta verdade é um processo contínuo de autodescoberta. São diversas as fases deste processo: descoberta das sombras, complexidades familiares sistêmicas, relacionamentos influenciadores, mecanismos de defesas, personas criadas, forças de razão, emoção e ação a serem equilibradas, e, além deste processo de tomada de consciência, vem a fase de desenvolvimento e mudança de comportamento, que exige esforço pessoal, como comentei no artigo Qual é a chave para uma real transformação da consciência? sobre as fases do Despertar (Waking Up) e Evolução da Consciência (Growing Up).

Clique aqui para se inscrever em nossa Newsletter

E, existe a possibilidade, no intermédio deste processo rápido, inclusive darmos alguns passos para trás. Sei que no senso comum as pessoas dizem que não se pode dar passos para trás no processo de evolução, mas sim, você pode regredir para o seu lugar seguro, que você acreditou ter abandonado. Quando o processo é rápido e pouco consistente, voltamos para nosso estado de segurança, é nosso porto seguro, e, tudo bem. Às vezes pode ser necessário esse processo de retração, ganhamos a força necessária para dar o próximo passo. Mas também, muitas vezes o medo se faz presente, e então, é preciso trabalhar mais a fundo, um processo raso não dá conta neste momento.

Muitas vezes plantamos a semente e na semana seguinte já queremos saborear os frutos, e, neste momento atual exponencial, no qual parece que temos pouco tempo para isso, ainda se faz necessário semear, adubar, regar, podar e, dentro do tempo necessário, sim colher os frutos. Agora, existe algo muito importante neste processo que, muitas vezes por falta de presença (Confira aqui o artigo O Estado de Presença em nossas Relações), perdemos ou nos perdemos no meio dele: desfrutar o caminho! Sim, focamos em saborear os frutos e deixamos de desfrutar o caminho.

O caminho do despertar, do autoconhecimento e o processo de desenvolvimento individual leva tempo e pode ser um caminho delicioso. Cada persona deixada para traz simboliza uma casca saindo de suas costas, cada mecanismo de defesa observado é um véu que cai de seus olhos e te permite ver um mundo mais cheio de cor, cada lealdade transgeracional deixada para trás é uma força que você toma para a vida, e, tudo isso, não pode acontecer de um dia para o outro.

Como Ken Wilber nos mostra, o processo evolutivo da transformação da consciência do ser humano, cultura e sociedade se dá por uma espiral ascendente, em linhas de desenvolvimento distintas.

É preciso criar músculos para dar passos mais longos para caminhar por estradas mais tortuosas e altas, te garanto que a vista lá de cima pode ser linda e recompensadora! Invista em você e curta o caminho!

IMG_3413

Sabrina Green é Consultora de Desenvolvimento Humano e Organizacional, Psicóloga e Coach pela ICC.
http://www.greendh.com.br
Contato: sabrina.green@greendh.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s